Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2017

Oremos com FÉ

Imagem
"Caiam mil homens à tua esquerda e dez mil à tua direita, tu não serás atingido". Bíblia Sagrada ; Salmo 91:7 "Pedi, e vos será concedido; buscai, e encontrareis; batei, e a porta será aberta para vós". Mateus 7:7

"Olhai para as aves do céu, que nem semeiam, nem segam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que elas? Olhai para os lírios do campo, como eles crescem; não trabalham nem fiam; E eu vos digo que nem mesmo Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles. Pois, se Deus assim veste a erva do campo, que hoje existe, e amanhã é lançada no forno, não vos vestirá muito mais a vós, homens de pouca fé? " Mateus 6:26-30

A PRIMEIRA REVISTA DE HISTÓRIA EM QUADRINHOS DE FLAVIO CALAZANS – TRIBUTO A JOSÉ EVALDO DE OLIVEIRA.

Imagem
A PRIMEIRA HISTÓRIA EM QUADRINHOS A GENTE NUNCA ESQUECE.

Tudo tem um começo, mas nem sempre conseguimos identificar o ponto onde algo inicia-se, eu considero-me privilegiado neste sentido, pois sei onde comecei toda a minha trajetória, o momento no qual comecei a desenhar Histórias em Quadrinhos, imagens sequenciais, que tornou-se minha principal forma de expressar meus sentimentos e pensamentos (“O que em mim pensa, está sentindo” Pascal).

Minha família morava em Santos, litoral de São Paulo e costumávamos passar as férias de veraneio em Poços de Caldas, estancia de águas minerais de Minas Gerais. Em 1966. Aos quatro anos de idade, levaram-me em uma dessas férias; e como contam que estranhei muito o “Hotel Qui si sana”, compraram um gibi para distrair-me, era FLECHA LIGEIRA número 86, 1966, da Rio Gráfica e Editora, desenhado por José Evaldo de Oliveira (somente tive estas informações em dezembro de 2016 graças ao colecionador gibis especializado em Faroeste KATRAM GIBIS).

Esta f…

Dionéia é a planta carnívora de estimação de Flávio Calazans

Imagem
Alimentando minha plantinha carnívora Dioneia.

Dionéia é a minha planta carnívora de estimação, somente alimenta-se de insetos VIVOS.

Batizo cerimonialmente cada inseto com o nome de algum inimigo traidor que fez mal a mim ou a alguma pessoa que eu amo, traiu, mentiu ou de quaisquer maneiras prejudicou.

O inseto é queimado vivo pelos ácidos digestivo da Dioneia e sofre agonizando durante dias, fico assistindo as perninhas movendo-se até durante três dias!

Sempre que observo a agonia desejo CHOQUE DE RETORNO à pessoa com cuja face, nome e sigil batizei o inseto ritualístico.

Neste ritual mostram se efeitos SEMPRE ; pois acelera a Lei do Retorno.

Este ritual esá de acordo com a LEI do COSMO pois o Universo encaminha as redes de sincronicidades para enviar o CHOQUE DE RETORNO, e se vpcê NUNCA fez NADA de mal contra mim ou contra quem amo, mesmo "de boas intenções", saiba que de boas intenções o Inferno está cheio,

E se vpcê se acha inocente ou injustiçado, nada tema pois…

Ave Maria

Imagem
Je vous salue, Marie Je vous salue, Marie pleine de grâce ; le Seigneur est avec vous. Vous êtes bénie entre toutes les femmes et Jésus, le fruit de vos entrailles, est béni. Sainte Marie, Mère de Dieu, priez pour nous pauvres pécheurs, maintenant et à l’heure de notre mort. Amen.

Cartilha de Direito autoral da AQC - Flavio Calazans agradece.

Imagem
AGRADECIMENTOS: Agradeço aos amigos autores de quadrinhos que deram depoimentos como Adrovando Claro de Oliveira e Leonardo Tarcisio Gimenez,

e aos advogados Marcos Abussafi, Marcilio de Barros Melo Santos, Tiago Coelho, Shirlei Massapust, Gustavo Aguiar, Helena Tomimoto e muitos outros, incluindo Promotores e Juízes que solicitaram não ser citados nominalmente.

Agradeço minha esposa Ivany Sevarolli que leu, revisou e deu sugestões, além de escrever minha biografia-curriculum dese livro.

Igualmente agradeço a Worney Almeida de Souza e Bira da AQC que acreditaram e incentivaram este projeto em 1985 e nesta segunda edição em 2016.

Agradeço a meus avós, pais e familiares que apoiaram e incentivaram minha vocação e a dedicação de tempo, dinheiro e esforços à área das Histórias em Quadrinhos.

Schopenhauer explicou-me como fiz inimigos.

"Se alguém nota e sente uma grande superioridade intelectual naquele com quem fala, então conclui tacitamente e sem consciência clara que este, em igual medida, notará e sentirá a sua inferioridade e a sua limitação. Essa conclusão desperta o ódio, o rancor e a raiva mais amarga. Arthur Schopenhauer 1788 — 1860 filósofo alemão extraído de "Aforismos sobre a Sabedoria da Vida"

Flavio Calazans e Guido Buzzelli -parte tres: "ZIL ZELUB"

Imagem
Chegou o álbum de quadrinho fumetto "ZIL ZELUB" obra prima autoral de Guido Buzzelli cujo título é anagrama de seu próprio nome, consegui uma cópia autografada da primeira edição.

Que sorte ! Buzzelli é mais conhecido no Brasil pelo desenho do faroeste Tex.

Seria como conhecer Moebius apenas como Gir ou Jean Giraud do faroeste Blueberry.

Este É um de meus álbuns preferido, surrealismo político: - um violoncelista de orquestra cujos braços e pernas revoltam -se e saem do corpo tendo expressado cada vez mais vontade própria;

e tudo culmina em um pesadelo político e com o pesadelo invadindo o mundo real.

UM clássico!

Wolverine volta ao Nordeste brasileiro para MATAR A SAUDADE - pelos franceses Jean David Morgan e Philippe Buchet.

Imagem
Wolverine no Nordeste brasileiro pelos franceses Jean David Morgan e Philippe Buchet. "SAUDADE", sim, ele retorna ao Brasil para MATAR A SAUDADE.

Considero um exercício interessante comparar as traduções, como desta edição portuguesa capa dura em papel couchet com a edição brasileira mais modesta vendida em banca de jornal.

Sempre é bom destacar cada vez que os USA chamam autores europeus para suas franquias como "PARÁBOLA" com o Surfista Prateado de Stan Lee no traço de Moebius ou as meninas X Men por Milo Manara.

Neste caso além de nos brindar com o nordeste brasileiro os autores europeus acertadamente intitularam o álbum como "SAUDADE",

Saudade é uma palavra típica do idioma português tão melancólica quanto o lamento choroso nas letras da arrastada melodia do FADO, saudade poderia ser traduzida como um sentimento nos matizes emocionais da tristeza, um misto de nostalgia com sentimento de perda ou falta, de remorso, de vazio emotivo, um sofrimento …

" - A árvore da liberdade deve ser regada de tempos vem tempos com o sangue de patriotas e tiranos." - Thomas Jefferson

" - A árvore da liberdade deve ser regada de tempos vem tempos com o sangue de patriotas e tiranos." - Thomas Jefferson

-- "Na guerra, a verdade é a primeira vítima." Ésquilo

Imagem
-- "Na guerra, a verdade é a primeira vítima." Ésquilo Os esquerdistas vivem numa LUTA DE CLASSES em guerra eterna contra nós, os não-marxistas!

Salmo para os inimigos - Palavra do Senhor, graças a Deus

Imagem
"Que a morte apanhe os meus inimigos de surpresa! Desçam eles vivos para a sepultura, pois entre eles o mal acha guarida" (Salmos 55:15)

Rubens Francisco Lucchetti

Imagem
Rubens Francisco Lucchetti preliminarmente vc e Claudio Vicente Rosso e Luiz Rosso precisam checar se o Mojica tem algum contrato que ceda os direitos autorais seus e dos herdeiros a ele.

Caso não exista o documento, vcs podem ir a uma Faculdade de Direito, juntos ou separados, usar o escritório de quintoanistas e ir com eles a delegacia de Polícia fazer queixa crime pois CONTRAFAÇÃO é crime previsto em nosso Código Penal - publicar sem pagar direito autoral.

Depois, o Ministério Publico pode acionar a Interpol e RECOLHER toda edição imediatamente pois a Contrafação está prevista como crime internacional na Convenção de Berna e da Unesco.

Então, depois ou concomitante, cabe ação de Dano Moral e outras.

Mas a esta altura o editor responsável poderá já estar PRESO nos USA.

Conte comigo, Flavio Calazans, te passo meu telefone inbox - não cobro nada a consultoria pois meu livro "CARTILHA DE DIREITO AUTORAL DA AQC" tem estas orientações de defesa para os autores de quadri…

Imperador Flavio Calazans I

Imagem
suɐzɐlɐɔ

Drúida Flavio Calazans suɐzɐlɐɔ

Imagem
O alinhamento das esferas celestiais foi propício ao rito do Druida da Obsidiana Flocada suɐzɐlɐɔ suɐzɐlɐɔ