Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2017

HC Gibiteria Colecionáveis abre em SANTOS nova loja - Flavio Calazans conferiu a festa

Imagem
Hoje, 20 de maio de 2017, festa de abertura da mais nova loja de gibis e action figures do litoral de São Paulo, a HC de Gustavo Alves da Silva e Rogério. Parabéns a Santos que ganha um novo ponto de encontro e aos sócios Gustavo e Rogério. Os GUERREIROS são os maiores colecionadores de Albuns e Revistas , Miniaturas de naves, de herois Marvel e DC em chumbo e Action Figures! Organizados do maior evento de HQ e Cosplay do litoral paulista o SANTOS COMIC EXPO Claudio Roberto Basilio e Victor Freundt junto a Flavio Calazans, de branco o Gustavo, jovem empreendedor que criou este novo ponto de encontro dos quadrinhos no "CENTRO COMERCIAL DO GONZAGA" encomende seu importado que ele consegue pelo porto lá de Santos hodiecras.ac@gmail.com tel 13 9 9114 5738 e 13 9 9148 8447. - CENTRO COMERCIAL DO GONZAGA Avenida Marechal Floriano Peixoto 69 11060-301 Santos tel 32891445

HENFIL "Como se Faz Humor Político" e "O RISO" de Bergson na Biblioteca Flavio Calazans

Imagem
Tenho na biblioteca uma prateleira sobre riso e humor, estes dois livretos são os que indico para cartunistas iniciantes:

O primeiro é do filósofo francês Henry Bergson "O RISO" no qual ele define o riso como uma anestesia do sentimento e um ato de razão e pensamento o que recorda-me Leonardo da Vince no Tratado da Pintura onde fala da "arte como cosa MENTALE" em oposição a artesanato manual, a arte exprime conceitos e pensamento elaborado.

O segundo é o depoimento de Henfil (Henrique de Souza Filho) "Como se faz humor político!" no qual o petista falecido explica da responsabilidade social do cartunista e de como é IMPOSSÍVEL não emitir uma opinião política, tentar ser ISENTÃO apenas favorece o Status Quo dos que nos oprimem, como Maduro na Venezuela, pois não existe também humor a favor como todos cartunistas do Brasil (salvo raros corajosos) tentaram fazer nos governos Lula e Dilma.

Livretos bons para começar a pensar...

“A irreverência é a campeã d…

DATENA entevista Heroi da DC - Coleção Flavio Calazans

Imagem
Fiquei surpreso ao ver o apresentador de TV e ex-petista devoto do Lulo petismo desenhado num gibi nos USA ! Foi no "The Fall and Rise of Captain Atom", que tem arte do brasileiro Will Conradm! Aqui alguns detalhes do exemplar numero 4 onde surge DATENA. E outras páginas Para acreditar! Pitoresco!

HORA DA HORTA - SPOILER

Imagem
Assim, quando batizei minha índia de “Iraê”, o fiz inspirado nos nomes indígenas de minha avô Juracy (mãe das conchas em Nheengatu ou Tupi Guarani), da tia avó Iracy (mãe do mel, ou abelha trabalhadora) , pois “IRA” em tupi-guarani significa MEL e o sufixo “Ê” significa sabor ou gosto, paladar; assim sendo, Iraê significa sabor de mel ou doce como mel , indicando a índole meiga e agradável, adocicada, desta minha personagem, que seria uma escrava indígena da etnia ou tribo TUPINAMBÀ, grupo antropófago que era aliado dos franceses, daí a personagem falar frases em idioma francês.

Minhas índias seriam colorizadas com um pigmento que eu desenvolvi usando a semente URUCUM, obtendo a coloração avermelhada-ocre mais próxima da pele dos índios, que empregavam este corante rubro por todo o corpo e eram chamados de “PELE VERMELHA”, um diferencial único que eu planejei para destacar como notícia minha HQ entre tantas outras que vinham sendo publicadas. “A primeira HQ onde os índios terão cor…

EKHO na Coleção Calazans

Imagem
Gibi com desenho gostoso e lindas cores a série Ekho mundo espelho. O volume com o caso da Torre Eiffel do mundo paralelo é ótimo. Esta edição da Norma de Barcelona é em espanhol. Pesquisa historica e geografica com dose certa de fantasia equilibradas com bom humor. Recomendo ao amigo Luga Lopes de Castro que aprecia um bom quadrinho.

A censura nos comics americanos de Conan:

Imagem
A censura nos comics americanos de Conan:

"credo quia absurdum"

Imagem
Crer é um ato de FÈ - "credo quia absurdum".Tertuliano explica que "creio porque é absurdo". A verdadeira fé tem de se opor à razão. FÈ

Nelson Rodrigues e o anti-pessoa da esquerda

Imagem
"Eu sou um anticomunista que se declara anticomunista. Geralmente, o anticomunista diz que não é. Mas eu sou e confesso. E por quê? Porque a experiência comunista inventou a antipessoa, o anti-homem. Conhecíamos o canalha, o mentiroso. Mas, todos os pulhas de todos os tempos e de todos os idiomas, ainda assim, homens. O comunismo, porém, inventou alguém que não é homem. Para o comunista, o que nós chamamos de dignidade é um preconceito burguês. Para o comunista, o pequeno burguês é um idiota absoluto justamente porque tem escrúpulos". Nelson Rodrigues- Entrevista à VEJA em 1969

Pelé - Flavio Calazans coleções

Imagem
Pelé- Edson Arantes do Nascimento , autógrafo com dedicatória para Flavio Calazans nos anos 70. Raridade. Um prazer ter esta foto na galeria da minha coleção. detalhe