Calazans e neo-Eurasianos

O estado-Nação é um sofisma ardiloso do Maquiavel pra unificar os dialetos da peninsula itálica pro javali heraldico dos Medice, patrões dele, , ha o dialeto romano, veneziano, etc- na "Espanha" fala-se BASCO, catalão, galego etc..Na riviiera "francesa" com sua cigarra simbolica eles se dizem Langue D´oc e que frances é sua segunda lingua, o mesmo na normandia, no norte Langue d´oil , no vale do rio Loire sob a salamadra de Carlos primeiro (Magno) o mesmo, etc.."Suiça" (confederação Helvetica) fala ostrogodo ao norte, gaules no meio e italiano ao sul, "Inglaterra" fala cokney, idioma Gales, irlandes, escocês etc,..Belgica Holanda e arredores, Flamenco, e por aí vai, a europa são tribos-nações a cada vale - Montesquieu no "Espirito das leis" dizia que a cada kilometro tem nova cultura e normas, e reitero que toda e cada tribo odeia todas as outras visceralmente! MAYA , tudo maya ! este conceito urbanista de civilização é sumeriano-indiano ária e foi falseado de modus tollens popperianamente com culturas como inuit, berberes e os ROM (ciganos) ! Desmond Morris desnudou o sofisma tribal em seu opusculo basilar TRIBO DO FUTEBOL, e a pós modernidade é algo obsoleto no vies trasdisciplinar do chileno Maturana, como demostra a epistemologia dos trans-saberesAlias, nada tão contido como a civilidade dos ostrogodos, e veja a Alsacia Lorena e os canhoes fixos linha maginot e o apelo mistico do arianismo de Thule na psique visigoda !, pois deveras, a "urbanidade" civilizada é recorrente ao acampamento romano de quarteirões quadriculados e contrapoé-se a cidade mandalica indiana e seu sacaramentalismo arquetipo topofolico de horacios versus curiaceos, dai a necesidade inconsciente do conceito de HEIMATLOS explorado pervertidamente pelos marxianos da Segunda Internacional !

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog