Calazans e Louis Bec

Eu conheci o belga Louis BEC em um evento da CHEZ COULEURS no Centro do Professorado Paulista na Liberdade, pedi pra xerocar um paper dele, foi muito solícito, devolvi depois do intervalo
mas me enganei sem querer e devolvi o xerox, teno o paper com anotações de proprio punho dele- Recomendo este livro como imprescindivel - VAMPYROTEUTHIS INFERNALIS - Como Pós-Flusseriano o vejo como basilar !
A fábula de Vilém Flusser, foi publicada apenas em alemão, em 1987. Mas, como em todos os textos do filósofo, foi escrita e datilografada também em português. A versão em português é segunda e difere em alguns pontos importantes da versão alemã [...]
Vilém Flusser fala, neste livro, de uma espécie rara do gênero octopodal que pode chegar a 20 metros de diâmetro, mas da qual poucos indivíduos foram encontrados em regiões abissais do Mar da China. O animal é raro, mas existe. Ele serve a Flusser para construir uma sofisticada fábula filosófica, que olha tão intensamente o totalmente outro que de repente se espanta olhando o próprio olhar. Na verdade, esse animal tão diferente, em ambiente tão hostil a nós, é convocado a nos olhar, permitindo-nos uma perspectiva que de outro modo não teríamos.
"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DOUTOR ESTRANHO na coleção de historias em quadrinhos de Flávio Calazans