Quadrinhos de Super-Herois na PRIVADA

Sim, as Histórias em Quadrinhos de Super-Heróis norte americanos (COMICS) estão sendo publicados pela própria editora em formato de "PAPEL HIGIÊNICO" prontas para ser colocadas no vaso sanitário, assumindo serem mesmo uma M... quer dizer, só servirem mesmo para limpar o...a...

Comentários

  1. "MERDRE !" Como exclamou PAI UBU na peça teatral de alfred Jarry !

    ResponderExcluir
  2. Olha que perda de tempo monumental- cairam na esparrela e estão se digladiando como os marketeiros queriam, debatendo um personagem FRACASSO totalm no cinema - TÁ, agora tem muito Fan reclamando que a editora DC assumiu publicamentge que o personagem LANTERNA VERDE é GAY ! Gente, é um ÓBVIO golpe de marketing !! E se no mundo real pessoas saissem de collant colorido e capas ou máscaras do carnaval de VEneza..huuumm..ninguém em sã consciencia discordaria que todos são evidentemente GAYS . Já na Europa "Asterix e Obelix", "Tintin e Hadock", "Blake e Mortimer" etc são TODOS casais masculinos claramente GAYS ! "Capitão América e Buck" são um claro casal GAY tipo os ÓBIVIOS ULULANTES "Batman e Robin", por outro lado o "Homem de Ferro" tem um caso inter-racial com o capitão que usa a armadura cinza com metralhadora (acho que War Machine ou algo GAY do tipo) e a secretária PEPPER dele é paga para servir de FACHADA, o "Fantasma" corria de collant ROXO na selva de bengala (suando como numa SAUNA GAY) e tinha um caso inter-racial com o caçique pigmeu Guran (vulgo O TRIPÉ) e outra namorada de fachada, o mesmo com "Super-Homem" e seu namoradinho Jimmy Olsen e a racha da Lois Lane de FACHADA ! Todos seguem a mesma cartilha gay, e quem lê quadrinhos baba fantasiando sair de collant... basta ver se nerds tem namoradas ou se andam cercados de outros homens... Link da reportagem do FANTÁSTICO da GLOBO - http://fantastico.globo.com/Jornalismo/FANT/0,,MUL1680767-15605,00-APOS+LANTERNA+VERDE+E+ESTRELA+POLAR+GRAMPA+DESENHA+SUPERHEROI+GAY.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai caramba! Entre mortos e feridos você não salva ninguém, rsrs

      Excluir
    2. Não ligo, o meu negócio mesmo eram as super-heroínas tesudas(Supergirl, Vampira,She Hulk Tempestade,etc).

      Excluir
    3. capitao america e bucky foi dificil de perceber que ali havia algo mais "por debaixo dos panos" entre eles dois,,, mas numa hq o capitão falou:" ele foi o melhor parceiro que um homem poderia ter",assinalando que a relação entre dois homens é completa,,,!!!

      Excluir
  3. OS SUPERS surgem na Depressão da quebra da Bolsa de Valores dos USA em 1929 (ano do Popey e logo seguido de Batman e Superman) , e são bem explicados pela Teoria da Comunicação vigente na época, o FUNCIONALISMO, servem a manutenção do Status Quo e como satisfação das necessidades EVASIVAS ou fuga da realidade, e esta foi e é sua função sociológica, Teorias como a Crítica de Frankfurt nos anos 30 e até os paradigmas das Semióticas (Barthes, Eco, Peirce, Todorov etc) confirmam o escapismo destas fantasias de fantasiados.



    Olha que perda de tempo monumental- cairam na esparrela e estão se digladiando como os marketeiros queriam, debatendo um personagem FRACASSO total no cinema - TÁ, agora tem muito Fan reclamando que a editora DC assumiu publicamente que o personagem LANTERNA VERDE é GAY !



    Gente, é um ÓBVIO golpe de marketing !!



    E se no mundo real pessoas saissem de collant colorido e capas ou máscaras do carnaval de VEneza..huuumm..ninguém em sã consciencia discordaria que todos são evidentemente GAYS .



    Já na Europa "Asterix e Obelix", "Tintin e Hadock", "Blake e Mortimer" etc são TODOS casais masculinos claramente GAYS ! "Capitão América e Buck" são um claro casal GAY tipo os ÓBIVIOS ULULANTES "Batman e Robin".



    Todavia, por outro lado o "Homem de Ferro" tem um caso inter-racial com o capitão que usa a armadura cinza com metralhadora (acho que War Machine ou algo GAY do tipo) e a secretária PEPPER dele é paga para servir de FACHADA, o "Fantasma" corria de collant ROXO na selva de bengala (suando como numa SAUNA GAY) , lançava a moda da cueca sobre a calça e tinha um caso inter-racial com o caçique pigmeu Guran (vulgo O TRIPÉ) e também ostentava outra namorada de fachada, o mesmo com "Super-Homem" e seu namoradinho Jimmy Olsen e a racha da Lois Lane de FACHADA !



    Todos seguem a mesma cartilha gay, e quem lê quadrinhos inconscientemente baba fantasiando sair vestido de collant... basta ver se nerds tem namoradas ou se andam cercados de outros homens...



    Link da reportagem do FANTÁSTICO da GLOBO - http://fantastico.globo.com/Jornalismo/FANT/0,,MUL1680767-15605,00-APOS+LANTERNA+VERDE+E+ESTRELA+POLAR+GRAMPA+DESENHA+SUPERHEROI+GAY.html

    ResponderExcluir
  4. Bem, preliminarmente, apriorísticamente, toda narrativa ocidental enquadra-se no desgastado Tripé Aristotélico ETHOS-PATHOS-LOGOS (excluindo as dramaturgias oriundas em Alfred Jarry, Becket, Ionesco e Cia).



    Em segundo lugar, a estética dos quadrinhos inicia seu estudo com o saudoso professor de CINEMA de Barcelona Román Guberne , seus livros e de seus orientandos de doutorado formaram o paradigma de decupagem crítica dos quadrinhos (inclusive sua enciclopédioa del comics é muito PLAGIADA sem citar a fonte por sertos pseudo-pesquisadores de quadrinhos paulistanos).



    E existe sim, vasta literatura esmiuçando a estéica das Bandas Desenhadas (daí a tal denominação NONA ARTE repetida por papagaios que sequer sabem quais musas ão citadas e isto ser uma continuação dos CAHIERS DE CINEMÁ que falavam das películas cinematograficas como OITAVA ARTE ) e até o canadense MacLuhan falava dos Quadrinhos como preambulo para a Televisão tipo os story-boards seriam quadrinhos de cinema autoral usados de Kurosawa a Tim Burton !

    ResponderExcluir
  5. Foi em 1967 que o editor Erick Losfeld dona da c asa publicadora Le Terrain Vague publicou BARBARELLA como álbum, livro de Arte vendido em livrarias, a ela seguem-se SAGA DE XAM (dita A CATEDRAL DOS QUARINHOS) , albúns de Druillet, Caza etc...são os quadrinhos de autor ou quadrinhos de arte (autor no sentido dos CAHIERS de CINEMÁ , revista seguida em Paris pela CAHIERS DE LA BANDE DESSINÈE ) , já CREPAX e sua VALENTINA publicados em álbum na Itália seguem o mesmo modelo de marketing- a venda em livrarias no formato capa dura escapa da lei de Censura e florescem quadrinhos de autor ou de arte , seguindo o cinema auto-denominado OITAVA ARTE os quadrinhos franceses reinvindicam ser a NONA ARTE !



    Bem, preliminarmente, apriorísticamente, toda narrativa ocidental enquadra-se no desgastado Tripé Aristotélico ETHOS-PATHOS-LOGOS (excluindo as dramaturgias oriundas em Alfred Jarry, Becket, Ionesco e Cia).



    Em segundo lugar, a estética dos quadrinhos inicia seu estudo com o saudoso professor de CINEMA de Barcelona Román Guberne , seus livros e de seus orientandos de doutorado formaram o paradigma de decupagem crítica dos quadrinhos (inclusive sua enciclopédioa del comics é muito PLAGIADA sem citar a fonte por sertos pseudo-pesquisadores de quadrinhos paulistanos).



    E existe sim, vasta literatura esmiuçando a estéica das Bandas Desenhadas (daí a tal denominação NONA ARTE repetida por papagaios que sequer sabem quais musas ão citadas e isto ser uma continuação dos CAHIERS DE CINEMÁ que falavam das películas cinematograficas como OITAVA ARTE ) e até o canadense MacLuhan falava dos Quadrinhos como preambulo para a Televisão tipo os story-boards seriam quadrinhos de cinema autoral usados de Kurosawa a Tim Burton !

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Cores BERRANTES e saturadas da editora Bloch - comenta Flávio Calazans

DOUTOR ESTRANHO na coleção de historias em quadrinhos de Flávio Calazans