Postagens

Parada do Orgulho Necrófilo

A opção sexal de não reproduzir praticando sexo Necrofilo é reprimida e até mesmo há policiais os quais consideram os praticantes como se fossem criminosos e enquadram em crime de vilipendio de carne dada aos vermes (sigla Cá Da Ver) . É é porisso que devemos lutar por legalizar a opção sexual Necrofilia que não faz mal a ninguém e sequer superpovoa o planeta. É com os necrofilos que seu ente querido vai ser amado uma última vez ! Organizaremos um evento público educativo para conscientizar a massa ignara. Uma "PARADA DO ORGULHO NECROFILO". Grandes artistas são necrofilos como Álvares de Azevedo o poeta confessa no livro "Noite na Taverna". Co.o outros saíram do armário os necrofilos devem sair do caixão e ajudar os zoofilia a sair da jaula no pét shop ou zoológico!

HUMANORESTRITIVO é o OPOSTO de PAN -SEXUAL

"Humanorestritivo" é o oposto de pansexual. O termo refere se aos coxinha-burguês-reaça que tem a mente limitada a somente ter experiências sexuais restritas a intercurso com outros humanos. Estes caretas de mente fechada a novas experiências recusam-se a fazer sexo até mesmo com outros humanos mortos e tem fobia de sexo com vegetais e animais como peixes, répteis, batraquios e aves. Cometem crimes de necrofobia, zoofilia e pansexualismofobia.

"Não tenho tempo para mais nada. Ser feliz me consome muito" Clarice Lispector

Imagem
"Não tenho tempo para mais nada. Ser feliz me consome muito" Clarice Lispector. A BENGALA ART NOVEAU DO TIO ELESBÃO

Calazans by BIRA caricatura

Imagem
Particularmente considero que Bira capturou meu olhar incisivo e irônico com maestria nesta caricatura OBRA PRIMA ! Agradeço esta honra!

ÁLVARO DE MOYA (1930-2017) apresenta Flávio Calazans na "GUERRA DOS GOLFINHOS"

Imagem
Mais do que a proximidade do mar (pois vive em Santos), foi o amor pelos quadrinhos, que levou Flavio Calazans realizar a novela gráfica “A Guerra dos Golfinhos”.

Mais roteirista do que desenhista, Calazans, tal como Druillet coloca as figuras humanassem segundo plano.

Nos primeiros trabalhos do francês, julgava-se que lhe faltava o domínio do desenho da arquitetura da figura.

Com o desenvolver do seu trabalho, porém, notou-se outra leitura: o homem esmagado no meio ambiente.

E Calazans, emérito fanzineiro, editor constante de seu trabalho e dos outros, participante ativista do movimento da sobrevivência dos quadrinhos nossos, é um homem multimeios, pesquisador, culto e dedica-se ao magistério.

Tal com em Druillet, a sua concepção sobrepõe- se ao desenho do homem.

Tanto se fala na dificuldade de se criar super-heróis nas histórias em quadrinhos nacionais, eis que os próprios artistas brasileiros, que teimam, como um herói, em fazer comics made in Brazil são os nossos verdadeiros s…

Seneca

"Maior sou e para maiores coisas nasci do que para ser escravo da minha carne." Lucius Annaeus Seneca 4 A.E.C. — 65 E.C. um dos mais célebres advogados, escritores e intelectuais do Império Romano; sua obra literária e filosófica, tida como modelo do pensador estoico durante o Renascimento, inspirou o desenvolvimento da tragédia na dramaturgia europeia renascentista.